Sala Principal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala Principal

Mensagem por König em 24/9/2016, 23:56

-
König
avatar
Mensagens : 169

Data de inscrição : 27/05/2016

http://theparadox.forumeiros.com
Narrador
Narrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala Principal

Mensagem por Dorothy Hel Baskerville em 28/11/2016, 10:38



Merry Christmas



O crepitar das chamas na lareira tomavam parte da atenção de Dorothy. O corpo mediano se esgueirava pelas paredes, pendurando grandes meias vermelhas com detalhes dourados e brancos. Os pés a guiaram até o centro da sala – o melhor ponto central para poder enfeitar o teto.

As mãos foram elevadas, e os dedos se retorciam. Abaixou o rosto, movimentando as mãos como se formasse uma bolha de ar. Um largo sorriso preencheu os lábios da morena, enquanto suas vestes eram modificadas pelo poder que emanava de seu corpo. Empurrou a destra para cima, criando explosões de luz. O teto da sala se transformou num belo céu estrelado. O tom escuro entrava em contraste com o brilho das estrelas.

Calmaria. É a melhor forma de recepcionar nossos convidados. Quando ouvirem o badalar da meia noite, o clima mudará, e os flocos de neve começarão a banhar o chão. Uma bela manhã de natal.

Criança tola, como se algum deles se importassem com toda essa besteira.

As vestes negras se tornaram vermelhas, formando um simplório vestido de mamãe noel. Dorothy colocou o gorro na cabeça, fechou os olhos, tentando se concentrar.

Magia não aparecerá.
Sem canção para cantar.
O bardo triste para casa voltará,
Enquanto a bruxa má não o matar.
Não chore pobre bardo, sorria enquanto possui dentes,
Pois na manhã de natal a magia matará os inocentes.


Levou ambas as mãos até o rosto, pressionando os dedos contra a testa. Balançou a cabeça negativamente e se dirigiu até o quarto de Heitor. Empurrou a porta de maneira bruta, rangendo os dentes. A garota vasculhou o armário de bebidas e retirou uma garrada de Dalmore.

O que o Heitor não vê, ele não sente. E o que ele vê e fica irritado, a Dorothy fica contente.

Mordiscou o lábio inferior, agitando a mão, fazendo as garrafas voltarem para a posição original. Baskerville materializou uma taça de cristal na mão esquerda, logo preenchendo o recipiente com a bebida quente. Sentou-se numa das poltronas, observando a grandiosa árvore natalina. A primeira golada era sempre tenebrosa. O whisky escorreu pela garganta, queimando, fazendo com que o corpo de Dorothy se aquecesse.

Roda ao redor de uma rosa, um bolso cheio de flores... cinzas, cinzas. Todos nós caímos.


Dorothy Hel Baskerville
avatar
Mensagens : 2

Data de inscrição : 23/07/2016

Ficcionais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum